Outros

São fantasmas…

Resta-nos a lembrança do cheiro da erva a decair em palha, o recordar do som metralha dos pardais em fúria e a luz de então agora filtrada a zeros e uns num monitor presente. São fantasmas enamorados com o passar do tempo, objectos de tons ferrugem que o sol queima. São momentos analógicos capturados com artimanhas digitais para mais tarde provocarem sensações à prova de qualquer tecnologia. São memórias de um Outono que parecia perene, mas que acabou por sucumbir ao inevitável. São fantasmas, são fotografias, são equivalentes.

DSC01644.JPG
DSC01647.JPG

Advertisements
Standard

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s