Cozinha

Às favas..

Não, não as deixo fugir, prometo-te linguiça. Espera que elas vão ceder, talvez dure mais algum tempo mas vão ceder. Depois, quando a fortaleza ruir, que é como quem diz, quando a casca se rasgar, poderás por fim invadir o teu domínio natural, o interior da fava. Que belo paraíso vais encontrar, que coisa do outro mundo, uma fava, coisa nunca vista por estas terras de Frederico, sim, a tirania da batata é forte. Não, não estou a dizer mal do tubérculo milagroso, aquele que resgata nações da fome. Apenas o estou a mandar à fava, porque elas são bem melhores. Mas linguiça, deixemos a conversa para outro dia. Acaba lá a tua tarefa. Eu ajudo um pouco desorientando as favas. Olha como estão tontas, olha como cresceram. Corre para elas, abraça-as, evangeliza-as meu missionário do sabor! Depois eu lá tratarei do resto. Que resto? Ora essa, o resto de sempre, do caminho para o inferno.

IMG_6175

Advertisements
Standard

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s