Cidades

O México da Cidade…

DSC06183

Bom dia Cidade do México. A azáfama do ir para lado nenhum é a primeiro cartão de visita, o segundo é o calor que transpira corpo a dentro e o terceiro é a cortina de fumo que nos barra o espanto. Torna-se pois difícil encontrar o México no meio da cidade que, por mais paradoxal que seja, é do México. Sentimos bem a metrópole, o movimento de uma massa humana imensa, quase “tsunâmica”. Mas onde está o México nesta cidade? Onde está Zapata? ou como quem diz, a revolução e o desapego pelo poder. Onde estão os Maias? ou como quem diz, a visão de um cosmos matemático. Sim, existem museus onde os podemos encontrar,  mas onde estão eles nas faces das pessoas, nas ruas que não começam e que não terminam. Das duas uma; ou não existem mais, ou estão escondidos pela cegueira da urbe que barra a visão ao estrangeiro incauto. Mas vou tentar, tentar ver o México na Cidade, porque afinal de contas ainda agora cheguei e é no final que, afinal, as contas se fazem.

Advertisements
Standard

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s